Home / CIDADES / JARAGUÁ É NOTÍCIA / JARAGUÁ CONTABILIZA O 10º HOMICÍDIO DO ANO

JARAGUÁ CONTABILIZA O 10º HOMICÍDIO DO ANO

Um homem, de idade não divulgada, é suspeito de ter matado o ex-sogro, Pedro Salvador da Silva, de 74 anos, e a balear a ex-mulher, que também não teve a idade divulgada, durante um churrasco de família, em Jaraguá, na região central de Goiás. De acordo com a Polícia Civil, o autor começou a agredir a ex no portão da casa e, quando o pai chegou para defendê-la, foi baleado e morto, tendo a filha sido atingida no abdômen.

A mulher foi socorrida pelo Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu), foi levada ao hospital da cidade, mas, devido à gravidade do ferimento, foi encaminhada para o Hospital de Urgências de Anápolis (Huana).

O caso ocorreu por volta das 13h30 de sábado (15), no Jardim Vila Solidariedade, em Jaraguá. Conforme registro da Polícia Civil, a partir do relato de policiais militares, o idoso, a filha e o namorado da filha estavam em uma festa na residência quando o suposto autor teria ligado à ex-mulher informando que passaria pelo local para conversar com ela.

Ao chegar à casa, segundo registro da corporação, o homem começou a agredir verbal e fisicamente a ex-companheira. O pai da mulher viu as agressões e, ao intervir, o homem fez vários disparos, atingindo ele e a filha.

No boletim de ocorrência consta, de acordo com a assessoria de comunicação da Polícia Civil, que o namorado da mulher surgiu à porta para ver o que estava ocorrendo, momento em que o autor teria apontado a arma para ele, dizendo que “seria a hora dele”. No entanto, o homem fechou o portão e conseguiu fugir sem ficar ferido.

Até a publicação desta reportagem, o homem suspeito de ter cometido o crime não havia sido preso.

Subscribe to our Channel

Featured Video