Home / CIDADES / PIRENÓPOLIS É NOTÍCIA / FIM DOS ESGOTOS CLANDESTINOS EM PIRENÓPOLIS

FIM DOS ESGOTOS CLANDESTINOS EM PIRENÓPOLIS

Poder Executivo inicia vedação de redes irregulares na área urbana
Durante a Semana da Água, o secretário municipal de meio ambiente de Pirenópolis, Arthur Abreu, anunciou que no início de abril seria iniciado o trabalho de vedação dos esgotos clandestinos da cidade histórica. Compromisso cumprido. Conforme orientações do prefeito Nivaldo Melo, logo na primeira semana de abril, em parceria com o Departamento de Serviços Urbanos (DSU), a ação foi iniciada pela Rua Benjamin Constant, próximo ao Espaço de Convivência Joaquim e Silvia Morais, no setor Central.

Segundo o secretário, o trabalho seguiu a rede pluvial que desce da altura do Posto Ipiranga, passando pelo Beco Joaquim Propício até a Ponte Dona Benta (Ponte Pênsil). “Todo esse trecho está livre de esgotos clandestinos advindos de residências e estabelecimentos comerciais, garantindo assim que as galerias pluviais possam servir a população para o fim ao qual foram construídas – levar as águas das chuvas até o rio, sem poluição de águas servidas”, salientou Arthur.

Para o prefeito Nivaldo Melo, esse é um trabalho extremamente importante para assegurar a qualidade da água do Rio das Almas aos demais municípios que também são abastecidos por ele. “Queremos que na divisa com Jaraguá, as águas do Rio das Almas tenha a mesma qualidade e pureza lá da nascente, é uma responsabilidade de todos os pirenopolinos zelar por um patrimônio que garante o abastecimento de milhares de casas, inclusive as nossas. A grandiosidade desse projeto será notória nas próximas gerações”, afirmou.

Segundo informações da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, ao longo dos 500 metros de rede pluvial, já vistoriados, foram bloqueadas 29 redes clandestinas impedindo que cerca de 40 casas de continuem despejando esgoto no Rio das Almas. “Verificamos que vários proprietários de residências nessa região já estão construindo fossas, uma resposta positiva ao nosso trabalho”. “Também fizemos a dedetização das galerias, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, onde eliminamos centenas de insetos (baratas)”, contou Arthur.

“Quero aproveitar e convocar a todas as pessoas que defendem o meio ambiente, em especial o Rio das Almas e que desejam vê-lo puro novamente que informe aos parentes, amigos e conhecidos que permitem que esgotos sejam lançados no rio que providenciem urgentemente o desligamento, pois o bloqueio vai acontecer em toda a cidade e amanhã ou depois pode ser na sua rua. Ajudem-nos a acabar com essa prática criminosa”, convocou o secretário.

EG EGO EGST

Leave a Reply

Subscribe to our Channel

Featured Video