A professora que teve o carro atingido durante uma perseguição policial a dois bandidos, morreu na madrugada desta quinta-feira (30/04) no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da unidade de saúde.

Juliana Soares Dias, de 32 anos, fazia um cruzamento na Marginal Botafogo, nas proximidades da Avenida Goiás Norte, no Setor Norte Ferroviário, em Goiânia, quando teve o seu veículo, um Toyota Corolla, atingido na lateral por um Fiat Pálio – que havia sido roubado poucas horas antes.

Foto de Lenival Santos Santos.Foto de Lenival Santos Santos.
Foto de Lenival Santos Santos.